06-2_A-Cura_1.jpg

À Cura do Rio

de Mariana Fagundes

(BRA, 2017, Livre, 18’)

Um velho conhecido da etnia Krenak, o Watú – o famoso Rio Doce – está doente. Através de um ritual xamânico, corpo e natureza se unem para um diálogo profético que enxerga a catástrofe, mas também a salvação do rio. O filme mostra o impacto da tragédia de Mariana em um grupo indígena Krenak.

LSE

 

AUDIODESCRIÇÃO